terça-feira, maio 08, 2007

TORONTO
"Ha tres anos atras uma menina cheia de perspectivas aterrisava no Canada. Quando vim para Toronto, tinha o sonho de mudar a minha vida. Sonhei com a volta para Sao Paulo por meses. Sonhei com uma rua onde morassem todos que eu amo. Sonhei em crescer e nao decepcionar as pessoas. Sonhos bons e pesadelos, sono profundo e alarme despertando. Essa soma de trabalhar, estudar, aprender, produzir, descobrir, conhecer, errar, tentar novamente, errar o caminho, escolher outro, errar de novo, pegar atalhos, perceber que nao somos nada mais que uma crianca descobrindo o mundo, tendo sonhos novos todos os dias.
Nunca tudo foi tao intenso como nos ultimos anos. Incertezas dao um frio na barriga inspirador, porem, em noites turbolentas, falta-me a tranquilidade de uma certeza que me faca adormecer. Onde estarei daqui um mes? De que parte do mundo voce eh? De que mundo voce eh? Trabalha onde? Quer algo melhor? Quer mais dinheiro? Mais felicidade? Os dois? Esta namorando? De que parte do mundo ele eh? Faz parte do seu mundo? Esta construindo uma vida ou esta vivendo? Consegue ponderar? Oito ou oitenta? Nunca encontrei o meio termo.
Meu maior aperto no peito eh a saudade que sinto da minha familia ( Minhas irmas, meus pais, avos...) Se eu tivesse a garantia de que no dia que eu voltar eles estarao la... Se eu tivesse a certeza, os receios iriam embora. E pra que haveria a necessidade da intensidade? Dizer eu te amo a cada vez que desligar o telefone, que sair do msn, olhar uma foto, lembrar e provar.
Viver numa cidade como Toronto te faz amar as pessoas de um jeito muito peculiar. A maioria delas tem prazo de validade. E as rotas e caminhos sao milhares para todos. Voce adota irmaos, tios, primos, vizinhos, pais, maes...E eh adotado tambem. Eh uma troca tao pura, as pessoas se usam, se gostam, se curtem e se amam. Aprendem a dizer adeus, por mais que doa. E o preco eh a reciprocidade. As vezes nem isso...
A maioria das pessoas que fazem parte da minha vida hoje, deixarao-me em poucos meses, vao em busca de seus sonhos. Outras virao e ocuparao o lugar delas. Nunca da mesma forma, mas os calos das perdas, nos cultivaram o dom da adaptacao. Elas tambem encontrarao outros caras bobos, falando besteira, sonhando com o proximo final de semana, em busca de um sonho maior, que fara lembrar um amigo que conheceram naquele pais frio. Um pais frio onde dei abaracos mais calorosos da minha vida e onde tenho vivido, no mais literal sentido da palavra!"
Li num jornal e achei a coisa mais linda....eh bem assim que a maioria das pessoas que estao aqui se sentem...tenho certeza!!!! beijao Sa

Um comentário:

Lizie Anne disse...

Nossa q lindo!!!!!!!!
Acho q todos nos, q estamos aqui em TO ou mesmo quem ta em algum outro lugar do mundo,longe da familia,amigos, cheios de sonhos e perspectivas, c encaixam nesse texto...
bjs